BOTICAS: Pandemia volta a quebrar a tradição em Couto de Dornelas

2022-01-20 12:07:27

Freguesia comemora a 20 de janeiro o São Sebastião, com a oferta de um almoço a quem visita a localidade. Este ano, e devido à pandemia, será celebrada apenas uma missa em memória a este santo.


A tradição não se cumpriu esta manhã na povoação de Vila Grande, freguesia de Couto de Dornelas, em Boticas. O aumento de casos de Covid-19 em Portugal, e na região, não permitiu sair à rua a festa em honra a São Sebastião. A aldeia vai celebrar apenas a missa em memória a este santo, “uma missa como a de domingo e apenas para os habitantes”, disse Paulo Sanches, Presidente da freguesia de Couto de Dornelas.

Para a população hoje será um dia normal na aldeia. “Esperamos que para próximo ano seja possível realizar esta tradição”, anseia o Presidente da freguesia de Couto de Dornelas.

Habitualmente na manhã do dia 20 de janeiro assiste-se aos preparativos da festa religiosa que vai mais além do que a missa há bênção do pão e o beijar do santo. A música e as concertinas marcam o lado pagão da festividade e na hora de almoço ninguém fica com fome nesta aldeia barrosã. Pão, carne de porco e arroz são distribuídos ao longo de uma mesa com centenas de metros a quem visita a festa que poderá ter nascido nas invasões francesas. A festa acolhe cerca de seis mil pessoas mas este ano não foi realizada para contenção da propagação da pandemia de Covid-19.

Sara Esteves
Fotografias arquivo

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso